expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Pequena reflexão sobre a vitória do Sporting

O mundo vai acabar em breve. Num espaço de dias, o Sporting ganha um título e o Blatter despede-se. É provável que a decisão do ex-presidente da FIFA tenha sido causada pelo Sporting. Quem sabe se Blatter não disse um dia "demito-me quando o Sporting ganhar um título"?

Mas importa referir as coisas importantes desta Taça de Portugal. A mais relevante parece-me sem dúvida a felicidade de Marco Silva. Está na cara que o treinador dos leões é o maior sportinguista que conhecemos. Na recepção na Câmara de Lisboa, os adeptos entoavam o típico cântico "e quem não salta é lampião" e todos saltavam menos Marco Silva. Tive pena dele. Pena que não tivesse ido ao marquês celebrar o campeonato que a sua equipa do coração venceu, mas não se pode ter tudo. Ainda em relação a estes cânticos: descansem porque nós e as nossas três taças desta época estamos a morrer de inveja vossa!

Já pararam para pensar naquilo que alcançaram nas vossas vidas enquanto o Sporting ficava a zeros, época atrás de época? Tentei explicar aos meus pais isto, mas eles continuam a dizer que eu não faço nada, mas vejamos tudo o que fiz nestes sete anos:

  • Acabei o 9.º ano
  • Fiz o secundário
  • Mudei-me para Lisboa
  • Licenciei-me
  • Acabei (quase) uma pós-graduação
Mas parabéns ao Sporting. De vez em quando também gosto de ver as equipas mais pequenas no topo.

Sem comentários:

Enviar um comentário