expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

As difíceis decisões de quem vive na "terrinha"

Há quem pense que quem vive na "terrinha" nunca tem nada para fazer. Está certo. Excepto nas noites de domingo do mês de agosto. Em agosto, todos os caminhos vão dar a uma festa. Literalmente. Vá para a esquerda ou para a direita, para baixo ou para cima, há sempre uma festa em qualquer lado. Às vezes nem é preciso haver capela/igreja.

Para verem o meu drama, só este domingo contei sete festas do género nas redondezas e os próximos fins de semana também já estão todos ocupados. Como é que uma pessoa decide para onde ir quando há sete opções? Primeiro eliminam-se os locais onde não é possível ter companhia. Depois escolhemos o sítio mais perto, que o gasóleo está caro. Vida difícil a minha.

2 comentários:

  1. Não querendo saber exactamente a terrinha :), mas por que lados? Curiosidade de quem adora as terrinhas e tem pena de não ter ligação a elas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lados de Leiria :)
      Festas da terrinha são o melhor que há. Melhores que as Festas de Lisboa :P

      Eliminar