expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 22 de novembro de 2015

Rui Derrota volta a fazer história

Muitos aclamam a mudança de táctica do Rui Derrota. De facto foi uma boa aposta. Agora até já marcamos golos ao Sporting e tudo. Daqui a 10 anos até vamos conseguir empatar e tudo. Com um golo de um puto da formação. Ou do Pizzi, que vai continuar a ter hipóteses no Benfica. A questão é: porque é que o Pizzi tem oportunidades e o Cristante e o Djuricic não as têm? Pior que isto são as substituições. "Epa agora é que vai ser, tiro o Pizzi e meto o André Almeida e eles até tremem", "Olhem aqui, tiro este gajo com ar de líder do Estado Islâmico e meto o Jimenez, agora até chovem golos" e "Vou tirar este puto para ele se preparar para a flash interview e meto o Jonas que está sempre impecável quando joga com o Jimenez". Isto tudo com o Carcela no banco! Porque é que se insiste em meter o Samaris a médio defensivo e não se mete a oito à frente do Fejsa? Porque o JJ o adaptou a seis?

Falando em Samaris, e porque já é normal falar nele, o que é que foi aquilo ontem? Deve achar que por ir chorar para uma flash interview lhe perdoamos tudo. Estava chateado? Também eu e o máximo que recebi foi uma repreensão dos meus pais por estar a gritar às 10 e tal da noite. Não fui expulsa de casa nem me desligaram a internet.


No fim do jogo vem o Rui Derrota falar de árbitros. E diz que o resultado devia ter sido diferente. Nisto estou de acordo com ele. O Sporting devia ter ganho por mais. Perdi 120 minutos de vida a ver este jogo que podia ter sido resolvido bem mais cedo. O problema foi ter jogado o Mitroglou de início. Se tivesse jogado o Jimenez o Benfica não tinha marcado nada e o jogo resolvia-se em 90 minutos. E se mais alguém me diz que o Jimenez é melhor que o Mitroglou, que é preciso paciência e que ele se esforça muito, é possível que comecem a receber respostas mais desagradáveis. Dizer que o Jimenez é bom jogador e vale 9 milhões é o mesmo que dizer que o Bruno Cortez é um craque.

O Gaitan foi para o hospital porque se apercebeu que a jogar assim nunca mais vai sair do Benfica. Ninguém quer um jogador que joga bem num jogo e tira férias durante um mês. Ou um jogador que é apelidado o melhor da equipa e, num momento em que podia tentar o golo, escolhe atirar-se para o chão e simular (mal) uma grande penalidade. Umas lições com o Falcão e isso resolvia-se!

A questão que se impõe é: quando é que acaba aquela cláusula que proíbe o Marco Silva de treinar o Benfica? É que a esta altura até o Quique Flores já servia. E o pior é que o Rui Derrota não se despede! Entretanto o Jesualdo despediu-se das arábias. Até ele servia!

Sem comentários:

Enviar um comentário