expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Letras com nota artística #4: "Aphrodisiac"



Mais uma vez uma música desconhecida da generalidade das pessoas e mais uma vez a pedido. "Aphrodisiac" é o tema que a Grécia enviou à Eurovisão em 2012. A Grécia é aquele tipo de país que envia uma genialidade num ano e o típico eurotrash no seguinte. Mas vamos ao que interessa. "Aphrodisiac" é uma canção de Eleftheria Eleftheriou. Acham que o nome soa mal? Deviam ouvir a voz dela.

Concentrem-se neste belo tema que deu um dos piores resultados à Grécia no ESC deste século:


Agora concentrem-se na letra que eu vou fazer o mesmo:

"I gotta to say what’s on my mind
When I’m with you I feel alright
You call me baby, we spend the night
I’m so addicted, I feel alive

Over and over I’m falling

Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me dance, dance like a maniac
Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me want your aphrodisiac

You make me want your aphrodisiac

I think about you all the time
I just can’t get you off my mind
You drive me crazy, you drive me wild
You’re so addictive, there’s no way out

Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me dance, dance like a maniac
Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me want your aphrodisiac

You make me want your aphrodisiac

I’m craving for your touch
I want it way too much
I’m craving for your touch
Too much, your touch, too much

Over and over I’m falling

Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me dance, dance like a maniac
Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me want your aphrodisiac

Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me dance, dance like a maniac
Oh oh oh oh oh, oh oh oh oh oh
You make me want your aphrodisiac

You make me want your aphrodisiac"

A pergunta que se impõe é: o que é  então o afrodisíaco?

A rapariga começa a canção a dizer que tem de dizer o que está a pensar. É uma coisa que eu não aconselho a ninguém porque suponho que toda a gente pense da mesma forma estúpida que eu. Eu raramente digo aquilo que penso e ainda mais raramente penso no que digo. Mas parece que ela só pensa que quando está com seja lá quem for se sente bem. Confesso que estava à espera de uns pensamentos mais elaborados, mas enfim.

"You call me baby, we spent the night" - é de mim ou ela é um bocadinho (mas só um bocadinho mesmo) oferecida? Espero que ela nunca vá a um concerto da Britney Spears em que ela cante o "Baby one more time" a olhar para ela. 

"I'm so addicted, I feel alive" - querida, se fores viciada em droga ou álcool, é normal que te sintas viva. A menos que sejas como algumas pessoas que eu conheço que "morrem" com o efeito álcool. À medida que avançamos na letra desta bela melodia percebemos que ela cai uma e outra vez. Rapariga, é possível que isso seja por te sentires "viva". E ainda dança que nem uma maníaca. Isso já tinha reparado.

Chegados à segunda parte da música, temos quatro versos para dizer uma coisa que já foi dita antes. Lembram-se do primeiro verso? Se não se lembram vão lá atrás ver que eu espero. Já se lembram? Lembram-se de eu questionar o que é que ela poderia estar a pensar? Temos aqui a resposta. Está a pensar, SEMPRE, na pessoa a quem dirige a música. E porquê? Porque essa pessoa é viciante. 

Desconfio que a música não se refira a alguém, mas sim a alguma coisa. Faz muito mais sentido. Pensem comigo: 
  • uma coisa viciante;
  • uma coisa que é difícil abandonar;
  • uma coisa que a faz dançar como uma maníaca;
  • uma coisa que a deixa maluca;
  • uma coisa que a faz sentir bem;
  • uma coisa que a faz cair uma e outra vez.
Isto é uma pessoa? Para mim não, mas isto sou eu, que gosto de acreditar que as letras das músicas têm alguma coisa interessante por baixo de tanta falta de conteúdo. Isto podia perfeitamente ser o hino dos AA. 

2 comentários:

  1. Ahahahah olha que nunca tinha pensado no assunto, mas esta uma boa dedução :B

    ResponderEliminar
  2. E DEPOIS TEM GENTE QUE RECLAMA DE MY NUMBER ONE

    ResponderEliminar